Noel Marinho

logo Noel Marinho

Sobre

Quem somos?

O arquiteto Noel Marinho possui um currículo extenso: ele faz parte de uma geração que participou intensamente da época áurea da arquitetura brasileira moderna, a partir dos meados dos anos 50.

Nascido em 1927, o arquiteto Noel marinho foi de uma geração que participou intensamente da época áurea da arquitetura moderna brasileira. Ele sempre teve arte e design como atividades paralelas, além de um especial interesse pela integração do azulejo e do mosaico nos espaços estéticos de sua arquitetura.

Em 2012, a arquiteta Patricia Marinho, sua filha e sócia, começou a organizar e catalogar os desenhos arquivados há anos e a partir de então incentivou Noel a dar continuidade às suas criações.

Em 2015 foi idealizada a marca NOEL MARINHO, em sociedade com Manuèle Colas, com o objetivo de divulgar, promover e executar as composições de azulejos criadas durante várias décadas. Além das reedições de coleções das décadas de 60 e 70, foram incorporados novos elementos gerados nos últimos 10 anos. Desde o inicio a marca contou com a colaboração da consultora de arte Heloisa Amaral Peixoto para realizar a curadoria, primeiro projeto da HAP_Lab.

Embora o Noel não esteja mais conosco, falecido em 2018 aos 90 anos, o grande acervo inédito que ele deixou vai permitir que a arte e seu legado se perpetuem.

O azulejo e o mosaico, personagens semióticos marcantes na Arquitetura Brasileira, são elevados à categoria de obra de arte.

Marca Noel

Noel participou ativamente da escolha desse elemento, criado na década de 60, para inaugurar as coleções e tornou-se o símbolo da marca NOEL – Noel Marinho.

Processo Criativo

A composição inicial, ou “risco original”, como Noel gostava de chamar seus primeiros croquis, seja de um projeto de arquitetura ou de um quadro, partia de desenhos que seguiam experimentações com recortes e colagens, ou da desconstrução de telas pintadas ao longo de anos, sempre fundamentados em traçados geométricos.

Muito cedo Noel introduziu a informática no seu escritório, sempre acompanhando a evolução das novas tecnologias.  Da prancheta ao computador a participação dos modernos métodos digitais para a elaboração final dos murais foi um processo natural e fundamental.

Tela e protótipo em azulejo
Noel durante o processo criativo
Colagem

Proposta

Na concepção do Noel as suas composições partem de um ou mais elementos geradores, suportes para suas tramas geométricas, de onde surgem quadros – azulejos aplicados sobre placas removíveis – e murais – azulejos fixados diretamente na alvenaria.

Noel amplia para além de áreas externas a aplicação dos azulejos: Ele os convida também a entrar em ambientes internos, uma tradição herdada dos portugueses.

Parede de ladrilho na piscina
Mural de ladrilho na parede

Linha do Tempo Noel Marinho

Infância e adolescência

1927

Nasce Victor Noel Saldanha Marinho em 27/09 no Rio de Janeiro. Passa sua infância e adolescência entre os bairros cariocas da Urca, Botafogo e Copacabana. Desde muito jovem mostra uma habilidade excepcional para o desenho, que o levou a escolha natural da sua profissão: a arquitetura.

Década de 1940

Ingresso na Universidade do Brasil – UnB – para o curso de Arquitetura

Estagiou com o arquiteto Olavo Redig do Campo no projeto da Casa Walter Moreira Salles

Estagiou com o arquiteto Lucio Costa no IPHAN- Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Década de 1950

1952

Sua trajetória profissional começa após a formatura, em 1952, quando embarca com dois amigos para um período de estudos de 2 anos na Europa, um deles trabalhando como arquiteto em Estocolmo, Suécia.

Capa do Jornal O Globo: Percorreram quase toda a Europa de bicicleta
1953

Da Suécia, os 3 colegas percorrem a Europa de bicicleta; Noel participa do IX Congresso de Arquitetura Moderna, o CIAM, em Aix-en-Provence, na França, assistindo aos cursos de Le Corbusier e de Walter Gropius. A viagem é concluída em Veneza, para frequentar o curso de verão da escola do CIAM com os famosos arquitetos Ernesto Rogers e Franco Albini.

1954

De volta ao Brasil Noel integra a equipe do arquiteto Lucio Costa no IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional – ao lado de seu amigo e colega Mauricio Dias.

Da esquerda para a direita: Noel Marinho, Maurício Dias e Carlos Machado Zelador

Foi nesse contexto que elaboraram o projeto do acréscimo do Museu das Missões, no Rio Grande do Sul.

A VIVÊNCIA, A PAIXÃO E O ENCANTAMENTO COM OS AZULEJOS E MOSAICOS NASCEM NESSE PERÍODO.

1957

Noel é chamado para integrar a equipe dos arquitetos Oscar Niemeyer e Lucio Costa, vencedor do Concurso Nacional para a nova capital, Brasília. Ele sempre destacou esse convite como uma de suas mais expressivas experiências.

Fachada de prédio Rua Aníbal de Mendonça, 56

Nesse mesmo ano, o arquiteto e amigo Elias Kaufman, pede ao Noel para criar uma fachada em azulejos, para um edifício na Rua Aníbal de Mendonça 56, em Ipanema, Rio de Janeiro. A ideia foi trazer para a arquitetura moderna o principio da azulejaria dos séculos passados.

Década de 1960

1962

Azulejo original desenhado para o projeto de uma boate na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A partir desse elemento gerador, criou-se um painel diferenciado, dando uma visão moderna do azulejo como obra de arte.

Criação do escritório de Arquitetura com os seus sócios Maurício Dias e Salomão Tandeta. Da prancheta deles saíram vários projetos para as escolas profissionalizantes do SENAC. Após a morte prematura de Maurício surge a sociedade com Octávio de Moraes.

Projeto Escola SENAC – Fachada em azulejos criados por Noel
Painel criado durante a década de 60. Projeto de E. Kaufman

Década de 1970

Noel segue projetando escolas para o SENAC em seu escritório, com a nova colaboração de seu sobrinho arquiteto Luiz Marinho. Luiz, braço direito de Noel e Octávio, deixará a sociedade em 2001 para abrir seu próprio escritório.

Projeto SENAC Copacabana – 1970 – em parceria com o arquiteto Octávio de Moraes

De 1974 a 1978 foi assessor direto da Secretária de Educação e Cultura, D. Myrthes Wenzel.

Paralelamente desenhou todo o mobiliário de sua casa.

Décadas de 1980 e 1990

Década de 1980

Período de desenvolvimento de projetos de escolas profissionalizantes do SENAC por todo o Brasil e de residências particulares.

1985

Criação do escritório Saldanha Marinho Arquitetos sediado no posto 6, Copacabana, Rio de Janeiro. A arquiteta e filha Patricia Marinho passa a integrar a equipe de arquitetos.

Década de 1990

Década dedicada ao seu projeto pioneiro de integração da educação através das UM — Unidades Móveis — do SENAC: Carretas e balsas levando formação profissionalizante por todo o Brasil.

Século XXI

O vigor aos 80 anos

Mural 5,50 x 4,50m em mosaico de vidro.
Mural 5,50 x 4,50m em mosaico de vidro.
2015

Criação da marca Noel Marinho.


Projeto de casa em Jundiaí de 2010/2013
2018

Noel atuou na arquitetura e no design até o fim de sua vida, aos 90 anos, trabalhando sempre no que mais gostava.

Casa Cor SP

Projetos

COM SIGNIFICATIVA EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL, NOEL MARINHO SEMPRE TEVE ARTE E DESIGN COMO ATIVIDADES PARALELAS ALÉM DE UM ESPECIAL INTERESSE PELA INTEGRAÇÃO DO AZULEJO E DO MOSAICO NOS ESPAÇOS ESTÉTICOS DA SUA ARQUITETURA.

Aqui, a proposta de arquiteto parte de um elemento gerador, suporte para suas tramas geométricas, de onde surgem a cada dia novos e diferenciados painéis e composições, num acerto de tempo e compasso. O azulejo e o mosaico, personagens semióticos marcantes na Arquitetura Brasileira, são elevados à categoria de obra de arte.

A arquiteta Patricia Marinho, sua filha e sócia, catalogou desenhos arquivados há anos e o incentivou a dar continuidade às suas criações. Na atual produção de Noel, revelam-se elementos únicos e inéditos, sugestivos do proprio nome do artista, “NOEL – Noel Marinho”, que, além das reedições desde os anos 60, inclui coleções atuais e contemporâneas.

Fachada Ipanema

Rio de Janeiro, 1957

Casa Jundiaí

São Paulo, 2012

Hall de entrada Ipanema

Rio de Janeiro, 2012

Apartamento Itanhangá

Rio de Janeiro, 2015

ESCRITÓRIO LEBLON

Rio de Janeiro, 2016

Pátio

Rio de Janeiro, 2016

Vitrine Ipanema

Rio de Janeiro, 2017

Cobertura

São Paulo, 2017

Cobertura Leblon

Cobertura Leblon, 2017

Coleções

Coleções

N.01 1962

N.011 1962

 

N.01.2018 2018

N.02 Anos 1970

Burle

Corbu

 

Dr. Lucio

Hue

Ivan

Kaufman

Lina Bo

Maurício Dias

Oscar

 

Octávio

Redig

Sergio Rodrigues

Tandeta

 

Informações Técnicas

A paleta de cores foi desenvolvida por Noel e sua equipe. Diferentes combinações de cores dessa paleta podem ser estudadas pela equipe.

Os painéis de azulejos criados por Noel Marinho são fabricados segundo um processo artesanal que envolve a Arte do Fogo; podendo portanto resultar em pequenas alterações nas cores sem que isso desvirtue a obra artística.

As composições levam a assinatura do artista e de acordo com a coleção, as tiragens são limitadas e numeradas ou exclusivas.

Medidas dos azulejos

Cores

Amarelo

Pantone 459U

Laranja

Pantone 021U

Vermelho

Pantone 1797U


Verde celadom

Pantone 7492U

Verde Oliva

Pantone 7495U

Verde folha

Pantone 364U


Azul claro

Pantone 290U

Azul Médio

Pantone 7461U

Azul Cobalto

Pantone 293U

Azul Marinho

Pantone 302U


Caramelo claro

Pantone 7500U

Caramelo

Pantone 7525U

Castanho

Pantone 464U

Café

Pantone 462U


Branco

Branco

Nude

Pantone 726U

Areia

Pantone 452U

Caqui

Pantone 7536U

Charuto

Pantone 4495U


Cinza Aguado

Pantone warm gray 1U

Cinza médio

Pantone warm gray 7U

Cinza Escuro

Pantone 424C

Off Black

Pantone Black 2U

Preto

Pantone BLACK U

Imprensa

KAZA 2018
CANAL ARTE 1
Revista Bamboo
Caderno Ela
Casa Claudia
Revista GIZ
Revista O Globo
Veja Rio

Contato

(21) 2511-3823

Rua Carlos Góis 447, 201 – Leblon 
22440-040, Rio de Janeiro, Brasil